GLORINHA GAIVOTA - GG

“Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98, violá-los é crime estabelecido pelo artigo 184 do Código Penal Brasileiro”.

Não copie ou divulgue obras sem a autoria.

4 de jul de 2011




Lembranças de Ti

De ti
em mim
ficou uma chuva
de ternura
guardada
na represa
do meu
coração

Glorinha Gaivota - GG



Saudade eterna


Que vontade de novamente
Perder-me nos olhos teus
Achar-me nos teus carinhos
Caminhar junto ao teu ser

Aqui tudo é agonia
Minha vida tão perdida
Uma saudade tão grande
O peito segue sangrando

Por mais que busque outros braços
Não me esqueço dos teus laços
Sozinha eu vou seguindo
Nesse viver sem motivos

Vivo esperando uma volta
De você na minha história
E a vida sempre mostra
Que teu amor não tem volta


Glorinha Gaivota – GG
(doce outono)




Como eu Quero



Eu quero
como quero
novamente te encontrar
e nos teus braços me achar


mas a vida e vazia e tão vadia
fez nos perdermos no mundo
esquecer do amor da gente
e seguir por outros rumos


mas eu quero.
muito quero
poder dar volta no mundo
e voltar para o teu mundo.


Glorinha Gaivota - GG





Só-solidão


O meu amor
se foi menino.
se foi novinho
nem criou raízes

e nessa solidão,
minha vida é um rio
de lágrimas cristalizadas
e nenhuma ilusão

o novo não vem
sonhos não criam asas
a felicidade não deixou marcas
fiquei
só-solidão.


Glorinha Gaivota - GG



Ouvindo à canção

 
Sigo eu na canção.
Sigo eu com a canção.
Enquanto ela toca
não tem solidão
sinto-me encantada.
nessa doce ilusão.

Adoro a canção
enquanto ela toca
sou brisa da manhã
sereno da madrugada
caminhos dos sonhos.
viajo a  outros mundos.
sou universal.


Na doce canção,
aconchego minha alma,
Sinto-me perfeição


Glorinha Gaivota - GG